Ao navegar no meu website, concorda em usar os cokies necessários.
Ao navegar no meu website, concorda em usar os cokies necessários.

A VIDA PARA ALÉM DOS LIVROS

Algumas coisas sobre mim.

Segundo as nossas mães, eu e a minha mulher nascemos na mesma cama do mesmo hospital. Antes de saber ler, roubava o jornal ao meu Pai para olhar as letras. Não gosto de praia. Gosto de andar de moto. Jogo (mal) ténis. O botão que mais uso no Spotify é o ‘repeat’. Apesar da quantidade enorme de ‘gadgets’ que possuo, o meu mais fiel companheiro é o caderno Moleskine. A minha mulher proibiu-me de comprar Coca-Cola e esconde as garrafas quando ocasionalmente as traz para casa. Nunca me canso de entrar em Lisboa vindo da margem Sul do Tejo. Aos 17 anos já fazia o que faço hoje.

O MEU PERCURSO COM OS LIVROS

Trinta anos em poucas linhas.

A Calçada do Combro estava fechada ao trânsito com obras profundas de saneamento e reabilitação da linha do 28. Estavamos em Outubro de 1992. A porta abriu. Já lá estava dentro. Do alto da sabedoria que se tem aos 17 anos, ainda não sabia, mas nunca mais de lá saí.
Com meu Pai, alguns professores, muitos clientes, outros tantos amigos e colegas fui aprendendo uma profissão. Um dia, muito mais tarde, encontrei por entre os escritos do poeta e Padre, hoje Cardeal, D. José Tolentino, uma expressão que ainda hoje me estremece, «Há caminhos que nos escolhem…»

Os livros escolheram-me e eu deixei-me escolher por eles.
Ao fim de quase 30 anos, continua a ser uma descoberta diária e um prazer.

O MEU PERCURSO COM OS LIVROS

Trinta anos numa só linha.

O Início

Em Outubro de 1992 é inagurada a livraria ‘A Nova Ecléctica’

Out. 1992

O Início

Em Outubro de 1992 é inagurada a livraria ‘A Nova Ecléctica’

Out. 1992

Primeiros esforços

É publicado o meu primeiro catálogo

1994

Primeiros esforços

É publicado o meu primeiro catálogo

1994

A primeira grande Biblioteca

Adquirida por meu Pai, em 1996 sai o catálogo de uma biblioteca particular, momento charneira na carreira.

1996

A primeira grande Biblioteca

Adquirida por meu Pai, em 1996 sai o catálogo de uma biblioteca particular, momento charneira na carreira.

1996

Primeiro Leilão

Em associação com a extinta Silva’s Leiloeiros, organizei o meu primeiro leilão, propriedade do Arq.to Fernando Morais.

2003

Primeiro Leilão

Em associação com a extinta Silva’s Leiloeiros, organizei o meu primeiro leilão, propriedade do Arq.to Fernando Morais.

2003

Primeiro catálogo.

Depois de fundada a minha própria empresa, é publicado o primeiro catálogo em nome próprio.

Nov. 2004

Primeiro catálogo.

Depois de fundada a minha própria empresa, é publicado o primeiro catálogo em nome próprio.

Nov. 2004

Primeiro leilão em nome próprio

Em 2005, o quarto leilão, o primeiro inteiramente organizado por mim.

2005

Primeiro leilão em nome próprio

Em 2005, o quarto leilão, o primeiro inteiramente organizado por mim.

2005

Biblioteca Particular

O primeiro leilão de uma extraordinária Biblioteca Particular.

2012

Biblioteca Particular

O primeiro leilão de uma extraordinária Biblioteca Particular.

2012

Inauguração da Sala de Leilões

Por ocasião da III parte da venda da Biblioteca Particular, inaugurei um pequeno, mas acolhedor espaço onde passaram a ter lugar os meus leilões presenciais.

2014

Inauguração da Sala de Leilões

Por ocasião da III parte da venda da Biblioteca Particular, inaugurei um pequeno, mas acolhedor espaço onde passaram a ter lugar os meus leilões presenciais.

2014

Leilões Online

Com o número 18, em Junho de 2017, inaugurei o site de leilões de livros online, o único exclusivamente dedicado ao livro.

Jun. 2017

Leilões Online

Com o número 18, em Junho de 2017, inaugurei o site de leilões de livros online, o único exclusivamente dedicado ao livro.

Jun. 2017

POR CAUSA DOS LIVROS

Coisas de todos os dias.

Descrever os livros.

Grande parte do meu tempo é passado a descrever os livros para os poder apresentar nos leilões e catálogos. Baseadas nas Regras Portuguesas de Catalogação têm uma regra de ouro: nunca deixar de descrever os defeitos.

Pesquisas bibliográficas.

Listas bibliográficas para perceber o que falta em cada colecção é um instrumento essencial para qualquer coleccionador ou profissional. Vou fazendo e guardando algumas mais ou menos completas.

Organizar leilões.

Não há dia que não trabalhe para os leilões. Online ou em sala, organizo-os sempre a pensar no comprador e na sua experiência.

Design gráfico.

Em 2009 completei um curso de design gráfico na ETIC. Desde esse momento sou eu o responsável pelo design de todos os meus catálogos. Ocasionalmente, faço alguns trabalhos para outros.

Programação.

Por causa da especificidade na descrição bibliográfica para livros e documentos antigos criei a minha própria aplicação informática para gerir toda a informação de que necessito. Tornei-me utilizador avançado de Filemaker.

COM E PARA ALÉM DOS LIVROS

Um resumo em dez imagens.

Amor librorum nos unit.

Nuno Gonçalves ©2020. Todos os direitos reservados. Leiloeiro, Livreiro e Fundador da ECLÉCTICA LEILÕES.