No processo de fabricação manual de papel, são visíveis pequenas linhas horizontais e verticais que resultam da configuração da teia da forma. Esta era formada por fios muito próximos, normalmente de cobre, paralelos pelo lado maior e por fios mais distantes, paralelos pelo lado menor. Os primeiros são as vergaturas, os segundos os pontusais.

A orientação das vergaturas e pontusais num livro ajuda a identificar o formato do mesmo.

Além das vergaturas e pontusais, os fabricantes de papel adicionavam a sua própria marca de água, uma espécie de selo de fabricante.

Uma folha colocada à transparência tornando visível as vergaturas (linhas horizontais), os pontusais (linhas verticais) e uma parte da marca de água